Hóspedes confortáveis

22/04/2020
Posted in Artigos
22/04/2020 Maria Clara Arantes

Numa infância não muito distante, eu gostava de ler e sonhava ser como as pessoas sérias atrás dos livros, pois sabia que era só pose. Queria encantar pessoas com minhas próprias histórias, assim como me encantei com bruxos, reinados e cidades futuristas. Mas o tempo passou e me resignei que, nas minhas condições, isso é um sonho bonito, mas coisas bonitas, em geral, não são reais.

​O conformismo chegou e se aconchegou no quarto mais confortável de minha mente, e me dei conta que, por todo esse tempo, eu estava lá, afofando os travesseiros da cama para quando ele chegasse. Ele chegou como um amigo, um senso ou um lado racional sobre o que posso ou não fazer. Mas logo virou um ditador do qual não consigo me livrar. Sempre está comigo em minhas caminhadas atrasadas ao ponto de ônibus e nas noites de insônia.

​Parece cômico pensar no que ele causou e no que causa numa infinidade de pessoas. Por causa dele que temos o mundo que temos, interprete isso como quiser. Na infância secular, em que sonhos ocupavam o melhor quarto, dormir era muito mais fácil. Mas, agora, fazer o que se gosta me parece o maior dos privilégios. Que, claro, vem acompanhado de muitos outros.

​No asfalto da cidade se diz que a arte não sobrevive, que o individualismo só importa na conta bancária e que planilhas estão por fazer, e estão mesmo. Porém, cá estou eu, mais uma vez, escrevendo e desejando a pose séria atrás dos livros. Por isso o vizinho de quarto do conformismo tem sido a culpa. Ela consome, mas não o suficiente, porque a arte é necessária e a multiplicação de palavras é tão importante quanto a de X e Y.

​E assim se segue a evolução de uma geração que não sabe escolher os melhores hóspedes para seus quartos, mas que os recebe muito bem. Admitindo assim um genocídio de sonhos mostrado pelo conformismo.

 

Maria Clara Arantes

Maria Clara Arantes tem 16 anos, é estudante do Ensino médio na Etec Fernando Prestes, em Sorocaba, São Paulo.
× Precisa de ajuda?