16 frases de Edgar Morin que vão fazer você compreender melhor a obra dele

Agosto 11, 2019
Posted in Inspiração
Agosto 11, 2019 Marcia Ameriot

Veja citações de um dos principais pensadores contemporâneos

Sociologia

Um dos estudos sociológicos do autor se refere à compreensão. Isso o torna um intelectual de destaque num mundo onde ninguém se entende. Ele alerta que o problema começa na família e permeia todas as relações que temos em nosso dia a dia.

1) “A compreensão não desculpa nem acusa: pede que se evite a condenação peremptória, irremediável, como se nós mesmos nunca tivéssemos conhecido a fraqueza nem cometido erros. Se soubermos compreender antes de condenar, estaremos no caminho da humanização das relações humanas”.


2) “… compreender não só aos outros como a si mesmo, a necessidade de se auto-examinar, de analisar a auto-justificação, pois, o mundo está cada vez mais devastado pela incompreensão, que é o câncer do relacionamento entre seres humanos”.


3) “O ato ético é um ato de religação: com o outro, com os seus, com a comunidade, e uma inserção na religação cósmica”.


4) “O destino da humanidade é desconhecido, mas sabemos que o processo de existir modifica-se”.

 

 


Educação

Um dos objetos de estudo de Morin é a educação, e uma de suas contribuições é a criação de um método que possibilita a articulação de conhecimentos diversos. Para ele, quebrar o conhecimento em categorias é uma mutilação que nos leva ao erro e impede que possamos responder as dúvidas que sempre acompanharam a humanidade.

5) “É necessário dizer que não é a quantidade de informações, nem a sofisticação em Matemática que podem dar sozinhas um conhecimento pertinente, mas sim a capacidade de colocar o conhecimento no contexto”.


6) “Reforma de pensamento significa reforma de educação”.


7) “A educação deve ser um despertar para a filosofia, para a literatura, para a música, para as artes. É isso que preenche a vida. Esse é o seu verdadeiro papel.”


Atualidade

Morin está sempre disposto a opinar sobre questões do momento. Com uma visão crítica, ele nos deixa estas frases que se aplicam perfeitamente aos acontecimentos locais e internacionais.

Para o escritor, encarar a humanidade através da economia apaga o ser humano como indivíduo e o transforma num número. Esta frieza é um empecilho para a resolução dos problemas sociais que estão além de meras estatísticas.

 

8) “A pobreza permite autonomia. A miséria priva-nos dos direitos”.


9) “Todo desenvolvimento verdadeiramente humano significa o desenvolvimento conjunto das autonomias individuais, das participações comunitárias e do sentimento de pertencer à espécie humana”.


10) “O pensamento político está reduzido à economia, como se tudo pudesse ser calculado”.


11) “A política passa incessantemente pelo conflito entre realismo e utopia”.


12) “A mundialização, a industrialização, atinge a todos, por esses motivos compartilhamos dos mesmos problemas e medos”.


Complexidade

Na etimologia, “complexidade” vem do latim complexus, que significa “o que é tecido em conjunto”. Nessa definição, já se tem uma ideia do pensamento básico dessa teoria: a junção, o conjunto, o universo, a noção de que tudo está ligado, influi e é influenciado por tudo. A teoria da complexidade, também chamada apenas de “complexidade”, de “pensamento complexo” ou até de “epistemologia da complexidade” é então uma noção, um pensamento filosófico e epistemológico que tem como grande pilar estruturante a transdisciplinaridade.

 

13) “… você é um ser complexo, eu sou um ser complexo, não podemos estar reduzidos a um único aspecto da personalidade”.


14) “A consciência da complexidade nos faz compreender que não poderemos escapar jamais da incerteza e que jamais poderemos ter um saber total: a totalidade é a não verdade”.


15) “Não há conhecimento que não esteja ameaçado pelo erro e pela ilusão”.


16) “Temos todos o mesmo destino porque vivemos com os mesmos problemas, medos e tensões. Vivemos os mesmos perigos, e eles são vários: as doenças, as guerras, as tensões religiosas”.


, , , ,

Marcia Ameriot

Bacharel em Comunicação pela PUC - SP e jornalista.Há mais de 30 anos atua no Terceiro Setor, tendo dirigido grandes fundaçōes. Desenvolveu sua carreira em Comunicação em veículos de comunicação como Folha da Tarde, Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios. Especialista em Gestão de Organizações do Terceiro Setor pela FGV - SP, é Reinventora CORE e Diretora de Comunicação da Associação.
× Precisa de ajuda?